Do ensino presencial ao Ensino A Distância no contexto universitário na Península Ibérica

Felipa Lopes dos Reis

Resumo


Este artigo faz uma abordagem da aprendizagem à distância como possibilidade de estabelecimento de interacções à distância entre estudantes dispersos geograficamente mas com interesses comuns. O acesso a meios de construção de conhecimento tecnologicamente estruturados e a sua relação com o ensino é outra das abordagens efectuadas. A selecção da temática é motivada pela experiência enquanto professora no ensino à distância universitário. As principais teorias da educação à distância trouxeram para a pedagogia uma nova percepção da dimensão de espaço e tempo de aprendizagem. No ensino convencional a sincronização requerida como condição essencial para a realização dos processos é redimensionada quando o mesmo é desenvolvido em ambientes não presenciais, sobretudo após a introdução da internet como meio pedagógico.

Palavras-chave


Educação à distância. Online. Comunicação. Métodos de Ensino. Computadores. Tecnologias de Informação e Comunicação. tutoria

Texto completo:

PDF

Referências


Bates, A. (2005). Technology, E-Learning and Distance Education. Edition, London: Routledge.

Blankson, J.; Kyei-Blankson, L.; (2008). Nontraditional student’s perception of a blended course: integrating synchronous online discussion and face-to-face onstrutions. Journal of Interactive Learning Research. Vol.19, No.3, pp.421-438.

Bottentuit, J.; Coutinho, C.; Alexandre, D. M-learning e webquests (2006). As novas tecnologias como recurso pedagógico. Proceedings of 8th International Symposium on Computers in Education (SIIE2006). Vol. 2, p. 346-353. León: Servicio de Imprenta de la Universidad de Léon.

Brennan, S. E. & Lockridge, C. B. (2006). Computer-mediated communication: A cognitive science approach, in K. Brown (Ed.), ELL2, Encyclopedia of Language and Linguistics, 2nd Edition. Oxford, UK: Elsevier Ltd.

Brennan, S. E. & Lockridge, C. B (2006). Computer-mediated communication: A cognitive science approach, in K. Brown (Ed.). ELL2, Encyclopedia of Language and Linguistics, 2nd Edition. Oxford, UK: Elsevier Ltd.

Cornford, J., Pollock, N (2003). Putting the University Online. Buckingham: Society for Research into Higher Education/Open University.

Dougiamas, M.; Taylor, P (2003). Moodle: Using Learning Communities to Crate na Open Source Course Management System. Proceedings of the EDMEDIA 2003 Conference, Honolulu, Hawai.

Duggleby, J (2000). Como ser Tutor Online. Monitor, Lisboa.

Figueiredo, D (2002). Redes e Educação: a surpreendente riqueza de um conceito: In Conselho Nacional de Educação, Redes de aprendizagem, Redes de Conhecimento. M. E: Conselho Nacional de Educação.

Grenhow, C (2007). What Teacher Education Needs to Know about Web 2.0: Preparing New Teachers in the 21st Century. In R. Craslen et al (Eds.). Proceedings of the 18 th International Conference of the Society for Information Technology & Teacher Education, SITE 2007, p. 2027-2034. Chesapeake, VA: AACE.

Hill, G. & Tedford, D (2002). The Education of Engineers: The uneasy relationship between engineering, science and technology. Global Journal of Engineering Education, UICEE.

Paulsen, M (2002). E-Learning: o papel dos sistemas de gestão da aprendizagem na Europa. Colecção formação a distância & e-Learning, Inofor, p. 21.

Pereira, A (2005). Pedagogical Issues in ODL. In Getting tarted in ODL. Antwerpen: Garant Publishers.

Pinheiro, A (2005). A Aprendizagem em Rede em Portugal. Editor: Universidade do Minho.

Pretto, L (1999). A ICT in Education: Challenges for the Curriculum. www.ufba.br/~pretto.

Pretto, N.; Lima Jr. (1999) A ICT in Education: Challenges for the Curriculum. www.ufba.br/~pretto.

Reis, F. L.; Martins, A . E. (2008) Perspectives of the education the distance in Portugal. Proceedings of the International Council on Education for Teaching, Universidade do Minho, 14-17 de Julho.

Reis, Felipa Lopes; Martins, António Eduardo (2008).The Contribution of the Professor in the distance Education in the University. Proceedings of the Workshop ICIS, Paris, 14 de Dezembro.

Souza (2005). Uma Proposta Construtiva para a Utilização de Tecnologias na Educação. In R. Silva & A . Silva (Org.), Educação, Aprendizagem e Tecnologia – Um Paradigma para Professores do Século XXI. Lisboa: Edições Silabo.

Salmon (2000). G. E-moderating – the key to teaching and learning online. Kogan Page, London.

Santos, A (2007). As TIC e o Desenvolvimento de Competências para Aprender a Aprender: um estudo de caso de avaliação do impacte das TIC na adopção de métodos de trabalho efectivos no 1º Ciclo EB. Dissertação de Mestrado. Aveiro: Universidade de Aveiro.

Schrader, P.; Lawless, K.; Mayall, H. (2008). The Model of Domain Learning as a Framework for understanding internet navigation. Journal of Educational Multimedia

and Hypermedia. Vol 17, No 2, pp.235-258.

Verkroost, M.; Listsen, H.; Meijerink, L (2008). Finding a Balance in Dimensions on Blended Learning. International Journal on E-learning. Vol 7, No.2, pp.499-522.

White, B (2007). Is Web 2.0 the Future of the Web? Comunicação oral apresentada no ED-Media 2007. Vancouver, CA: AACE.




DOI: http://dx.doi.org/10.17143/rbaad.v8i0.218

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Fontes de Indexação:

 

© Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância
Brazilian Review of Open and Distance Learning Rua Vergueiro, 875 - 12º andar, conjuntos 123/124
Liberdade - CEP 01504-000 - São Paulo - Brasil
Tel: (55) 11 3275-3561 / Fax: (55) 11 3275-3724
rbaad@abed.org.br