Desenvolvimento de uma comunidade virtual de aprendizagem para a inserção da metodologia blended learning na educação básica

  • Alexandre José de Carvalho Silva Universidade Federal de Lavras.
  • Ronei Ximenes Martins Universidade Federal de Lavras.
Palavras-chave: Educational technology. Hybrid Learning. Teacher training. Virtual learning community

Resumo

Este artigo apresenta o desenvolvimento de uma comunidade virtual de aprendizagem, denominada Landell, com base no modelo ADDIE de análise, design, desenvolvimento, implementação e avaliação, cujo objetivo é fomentar o uso de ambiente virtual de aprendizagem na educação básica. Foi elaborado um conjunto de orientações na forma de MOOC (Massive Open Online Course) para que professores da educação básica possam acessar os diferentes usos pedagógicos das ferramentas, os recursos disponíveis, as formas de configuração de espaços virtuais para aprendizagem e os exemplos de sequ- ências didáticas, visando oferecer subsídios para a incorporação da metodologia Blended Learning em atividades escolares. Foram produzidos diversos recursos audiovisuais e organizados e indicados vários objetos de aprendizagem e programas de uso educacional visando enriquecer e ampliar as possibilidades de ações educacionais utilizando a comunidade desenvolvida.

Referências

ABERDOUR, M. Open Source Learning Management System. EPIC. United Kingdow, 2007.

BELTRAN LLERA, J. B. A Sociedade em Rede. Artigo, 2007 Disponível em: http://www.educared.org/global/educarnaculturadigital/a-sociedade-em-rede. Acesso em: 10 out. de 2013.

CARVALHO NETO, S. Dimensões de qualidade em ambientes virtuais de aprendizagem. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo. São Paulo, SP. 2009.

CASTELLS, M.; CARDOSO, G. A Sociedade em Rede–Do Conhecimento à Acção Política. Imprensa Nacional Casa da Moeda. Lisboa, 2006

DE BETTIO, R. W.; PEREIRA, D. A.; MARTINS, R. X.; HEIMFARTH, T. The Experience of Using the Scrum Process in the Production of Learning Objects for Blended Learning. Informatics in Education, 2013, Vol. 12, No. 1, 1–14.

FILATRO, A. Design instrucional na prática. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2008.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1991.

GIRALDO, M. C. G.; ISAZA, G. A. L. Revista Innovar, Vol.21(41), 2011

MACHADO, A. R.; CRISTÓVÃO, V. L. L. A construção de Modelos Didáticos de Gênero: Aportes e questionamentos para o ensino de gêneros. Linguagem em (Dis) curso, Tubarão, v. 6, n. 3, p. 547-573, set./dez. 2006.

MARTINS, R. X.; REZENDE, D. de C.; ESMIN, A. A. SILVA, C. R. da. Ambientes virtuais de aprendizagem na graduação presencial: a avaliação dos estudantes. VIII Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância-ESUD, 2011.

MCAULEY, A. et al. The MOOC model for digital practice. Canadá : Universidade de Prince Edward Island Charlottetown, 2010. Disponível em: <https://oerknowledgecloud. org/sites/oerknowledgecloud. org/files/MOOC_Final_0.pdf>. Acesso em: 16 jul. 2014.

MORAN, J. M. Propostas de Mudança nos Cursos Presenciais com a Educação OnLine. In: XI Congresso Internacional de EaD – ABED. Salvador. 2004. Disponível: Acessado em 13/01/2013.

MORAN, J.M. A EaD no Brasil: cenário atual e caminhos viáveis de mudança. 2014. Disponível em: http://www2.eca.usp.br/moran/wp-content/uploads/2013/12/cenario.pdf. Acesso em 25 de abril de 2014.

PRETTO, N. de L. O desafio de educar na era digital: educações, Revista Portuguesa de Educação, vol. 24(1), 2011.

RODRIGUES, L. A. Uma nova proposta para o conceito de blended learning. Interfaces da Educação, Paranaíba, MS, v.1, n.3, p. 5-22, 2010.

SAMPAIO, P. A. S. R.; COUTINHO, C. P. Formação continua de professores: integração das TIC. Revista da Faculdade em Educação, São Paulo, v. 9, n. 15, p. 139-151, jan./jun. 2011.

SCHLEMMER, E.; SACCOL, A.; GARRIDO, S. Avaliação de Ambientes Virtuais de Aprendizagem na perspectiva dacomplexidade, 2005. Disponível em: http://pt.scribd.com/doc/21015693/Artigo2005-Avaliacao-de-AVAs-SCHLEMMERSACCOL-GARRIDO. Acesso em: 23 de jun. de 2014

SILVA, A. J. de C. Desenvolvimento de uma comunidade virtual para a inserção da metodologia blended learning na Educação Básica. 2014. 135 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.

TEIXEIRA, M. A. P.; SILVA, B. M. B.; BARDAGI, M. P. Produção científica em orientação profissional: uma análise da Revista Brasileira de Orientação Profissional. Rev. bras. orientac. prof, São Paulo, v. 8, n. 2, dez. 2007 . Disponível em <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-33902007000200004&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 19 mar. 2013.

TORI, R. Educação sem distância: as tecnologias interativas na redução de distâncias em ensino e aprendizagem. São Paulo: Editora Senac. São Paulo, 2010.

Publicado
2017-05-24
Seção
Artigos