Tutoria em EaD On-Line: Aspectos da Comunicação que Favorecem a Interação Sócioafetiva em Comunidades de Aprendizagem

Rosalva Ieda Vasconcelos Guimarães de Castro, Gina MATTEI

Resumo


O enfoque central deste trabalho foi analisar a importância da atuação do tutor em ambiente de Educação a Distância on-line, na perspectiva de incentivar a interação e a interatividade, considerando que estes são fatores determinantes no processo de aprendizagem nesta modalidade de educação. O estudo foi realizado por meio da análise de documentos gerados nos fóruns de discussão com os tutores e alunos do curso de Graduação em Administração do Centro de Educação a Distância CEAD/UnB com o objetivo de identificar as atitudes dos tutores que favorecem ou potencializam a interação sócio-afetiva na comunidade de aprendizagem. A abordagem qualitativa permitiu evidenciar os fatores sócioafetivos que, presentes na prática pedagógica, especialmente a distância, podem torná-la uma pratica de amor e sedução. Despertar o amor pelo conteúdo, a motivação para superar os obstáculos que se encontram no caminho, apaixonarse pelo ambiente on-line, obter a simpatia apesar da distância física que separa o aluno e o educador, são os desafios que se impõem na construção cotidiana desta relação pedagógica. A pesquisa mostra que, em ambientes de EaD on-line, surgem formas específicas de comunicação, de ação e interação entre os sujeitos que podem influenciar diretamente os processos de aprendizagem e o tutor pode ter aí um papel decisivo.

Palavras-chave


Educação a distância on-line, atitudes do tutor, interação, interatividade, aprendizagem

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, J.P. O Que os aprendizes esperam dos professores na Educação a Distância On-line? [Online] Disponível em: . 2001. Acesso em: 9 maio 2007.

CHALITA, Gabriel. Educação: a solução está no afeto. 12. ed. São Paulo: Editora Gente, 2004.

DEMO, P. Desafios modernos da educação. 7. ed. Petrópolis: Vozes, 1998.

FLICK, Uwe. Uma introdução à pesquisa qualitativa. Tradução de Sandra Netz. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2004. 312 p.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 35. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2007.

LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Tradução de Carlos Irineu da Costa. São Paulo : Editora 34, 1998.

MORAN, José Manuel. Modificar a forma de ensinar. Disponível em: . Acesso em: 10 jun 2007.

PALLOFF, Rena; PRATT, Keith. Construindo comunidades de aprendizagem no ciberespaço. Tradução de Vinícius Figueira. Porto Alegre: Artmed, 2002.

PEREIRA, Márcio. Desenvolvimento psicológico segundo vygotsky: papel da educação. Disponível em: http://www2.funedi.edu.br/revista/revistaeletronica3/artigo9-3.htm. Acesso em 4 de agosto de 2007.

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. Graduação em Administração a Distância. Projeto político-pedagógico do curso de graduação em administração na modalidade a distância. Disponível em: Acesso em: 5 maio 2007.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. Rio de Janeiro: Martins Fontes, 1996.




DOI: http://dx.doi.org/10.17143/rbaad.v7i0.208

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Fontes de Indexação:

 

© Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância
Brazilian Review of Open and Distance Learning Rua Vergueiro, 875 - 12º andar, conjuntos 123/124
Liberdade - CEP 01504-000 - São Paulo - Brasil
Tel: (55) 11 3275-3561 / Fax: (55) 11 3275-3724
rbaad@abed.org.br