Estratégia de comunicação on-line: um estudo no contexto de falantes da língua portuguesa de Portugal

  • Querte Mehlecke Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).
  • Liane Tarouco Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Margarete Axt Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).
  • Alda Pereira Universidade Aberta, Lisboa, Portugal.

Resumo

Este artigo apresenta um relato de pesquisa realizado no Departamento de Ciências da Educação, DCE, da Universidade Aberta, Lisboa, Portugal. Nesta pesquisa é apresentado a análise das mensagens textuais postadas no ForChat, ambiente de suporte à aprendizagem online durante o período de dois meses. O objetivo da análise das mensagens textuais foi o de identificar as estratégias de comunicação utilizada por três professores que fazem parte dos Projectos Educacionais e Ensino a Distância, PEED em sua fase 3.

Referências

ALVES-MAZZOTTI, Alda Judith; GEWANDSZNAJDER, Fernando. O método

nas ciências naturais e sociais. Pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira Thomson. 2. ed. 1999.

AXT, Margarete. Tecnologia na educação, tecnologia para a educação – um texto em construção. Revista Informática na Educação: teoria & prática, 3(1):51-62, Porto Alegre, UFRGS, 2000.

AXT, Margarete; MARASCHIN, Cleci. Prática pedagógica pensada na

indissociabilidade conhecimento-subjetividade. Revista Educação & Realidade, 22(1):57-80, jan/jun, 1997.

AXT, Margarete; Medeiros, Fábio; Stuermer-Daitx, Tiago. Desenvolvimento do software de comunicação ForChat. Disponível em http://www.lelic.ufrgs.br/webteca/for-chat.pdf, data de acesso: 06/03/2003.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da Criação Verbal. 3a. ed., São Paulo: Martins Fontes, 2000.

BAKHTIN, Mikhail(Volochinov). Marxismo e filosofia da linguagem. 6a ed. São Paulo: Hucitec, 1992.

COSCARELLI, Carla Viana(Organizadora). Novas tecnologias, novos textos, novas formas de pensar. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

EMERSON, Caryl. Os 100 primeiros anos de Mikhail Bakhtin; tradução Pedro Jorgensen Jr. – Rio de Janeiro: DIFEL, 2003.

FIORENTINI, Leda Maria Rangearo; MORAES, Raquel de Almeida (orgs.) Linguagens e interatividade na educação a distância. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

LEDUR, Rejane Reckziegel. Professores de Arte e Arte Contemporânea: Contextos de Produção de Sentido. Dissertação de Mestrado. PPGE, UFRGS. Porto Alegre, 2005.

MEHLECKE, Querte T.C.; AXT, Margarete; TAROUCO, Liane M.R. For-Chat: uma comunidade virtual construindo sentido, autoria e conceitos através do discurso em um ambiente cooperativamente interativo. Artigo publicado no I Ciclo de Palestras sobre Novas Tecnologias na Educação - CINTED 2003. Disponíve em: http://www.cinted.ufrgs.br/eventos/cicloartigosfev2003/palestras03index.htm. Acesso em: 20/03/2004.

MEHLECKE, Querte T.C.; TAROUCO, Liane M.R. ESTUDANDO AMBIENTES DE SUPORTE PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: Uma mediação para aprendizagem cooperativa online. Artigo publicado no I Ciclo de Palestras sobre Novas Tecnologias na Educação- CINTED 2003. Disponível em http://www.cinted.ufrgs.br/eventos/cicloartigosfev2003palestras03index.html> Acesso em: 10/09/2004

MEHLECKE, Querte; PEREIRA, Alda; TAROUCO, Liane. Estratégias de interação entre tutor e estudantes em Educação a Distância. Artigo publicado no I Ciclo de Palestras sobre Novas Tecnologias na Educação- CINTED 2005. Disponível em <http://www.cinted.ufrgs.br/renote/maio2005/apresentacoes/apa27_interacao_querte.pdf> Acesso em: 10/05/2006.

MOREIRA, Gleice Maria de Oliveira. Tecnologias da Informação e Comunicação na Escola Pública: Sentidos produzidos na formação continuada de professores. PPGE,UFRGS. Porto Alegre, 2005.

MORAN, José Manuel. Contribuições para uma pedagogia da educação on-line. In Marco Silva(org) Educação On-line. Teorias, práticas, legislação e formação corporativa. São Paulo: edições Loyola, 2003.Pg 39-50

MORAN, José Manuel. Mudar a forma de ensinar e aprender com tecnologias. Revista Interações, Vol. 5 – Nº9 – pp. 57-72. Jan/Jun 2000a.

MORAN, José Manuel. Educação inovadora em Ambientes Presenciais e Virtuais. Mackenzie Educação, Arte e História da Cultura, ano 1, nº, 2001.

MORAN, José Manuel. Novas Tecnologias e o Reencantamento do Mundo. Revista Tecnologia Educacional. Rio de Janeiro, vol. 23, n 126, setembrooutubro, 1995, p. 24-26.

PETERS, Otto. Didática do Ensino a Distância. São Leopoldo/RS : Unisinos, 2001.

____________. A educação a distância em transição. São Leopoldo/RS: UNISINOS, 2002.

SOUZA, Elmara Pereira. Tecnologias digitais na escola pública: possibilidade de exercício de autoria na formação de professores. PPGIE, UFRGS. Porto Alegre, 2005.

SOUZA, Geraldo Tadeu. Introdução à teoria do enunciado concreto do círculo Bakhtin/Voloshinov/Medvedev. São Paulo: Humanitas, 2002.

TAROUCO, Liane M.R. Aprendizagem Colaborativa. I Esud – Petrópolis, Rio de Janeiro, 26 a 28 de março de 2002. Disponível em: http://www.sead.ufrj.br/esud/material/Liane_Tarouco_ufrgsesud.ppt. Acesso em: 20/07/2004.

Trabalho extraído da tese apresentada no dia 30 de março de 2006. Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação, PGIE, UFRGS. CAPES. Palestra proferida pela Prof.ª Dr.ª Margarete Axt, ao DCE, Universidade Aberta, Lisboa, Portugal, dia 20 de janeiro de 2005, em transmissão por videoconferência, do PPGIE/UFRGS, por ocasião do Workshop.. Professores pesquisadores do DCE. A função fática está centrada sobre o “contato”(físico ou psicológico). Tudo que numa mensagem serve para estabelecer, manter ou cortar o contato (portanto a comunicação) concerne a essa função. [...] A função fática manifesta essencialmente a necessidade ou o desejo de comunicar. [..] (...)pode-se dizer inclusive que o texto todo funciona como um conjunto organizado de expressões que pouco informam, mas que mantêm os interlocutores em contato. (VANOYE, 1981, p. 54)

Artigo publicado no site < http://ucsnews.ucs.br/ccha/deps/cbvalent/teorias014/restrito/comunic.html>

Publicado
2008-05-24
Edição
Seção
Artigos