Avaliação no Design Instrucional e Qualidade da Educação a Distância: qual a relação?

  • Hermelina Pastor Romiszowski Diretora Técnico-Pedagógica da TTS, Rio de Janeiro
Palavras-chave: Design Instrucional, Educação a distância

Resumo

O presente trabalho discute a avaliação no design instrucional para a Educação a Distância. Analisa experiências a partir de um modelo de design instrucional que usa questões avaliativas como uma das estratégias de desenvolvimento. Enfatiza que a avaliação formativa neste estágio do planejamento, contribui para a qualidade de materiais didáticos contextualizados e do processo ensino-aprendizagem a distância.Considera os resultados das análises para incentivar uma discussão mais ampla sobre o papel da avaliação formativa no design instructional, sua influência em outros aspectos do processo ensinoaprendizagem, e contribuição para a qualidade educacional.

Referências

Morisson et all. (2004). Designing Effective Intruction, 4a edição, John Wiley and sons. Estados Unidos.

Reeves, T, (1997). Established and Emerging Evaluations Paradigms for Instructional Design. Em Dills e Romiszowski, A (eds), Instructional Development Paradigms, Educational Technology Publications, Inc, Englewood Cliffs, New Jersey: Estados Unidos.

Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância, 1(1) & 2(3). Online: www.abed.org.br

Romiszowski, H (2000). Avaliacao no Design e Desenvolvimento de Multimidia Educativa: estrategia de apoio ou parte do processo?. Anais do VII Congresso Internacional de Educacao a Distância da Associação Brasileira de Educação a Distância - ABED, Sao Paulo.

Romiszowski, H (2001). Qualidade dos Cursos Online: onde buscar?. Apresentacao em painel no VIII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Educação a Distância - ABED, Brasília.

Romiszowski, H. Design Instrucional num Contexto de Mudança. Apresentação em Painel no X Congresso Brasileiro de Educação a Distância da ABED, Porto Alegre, Outubro 2003.

Scriven (1983). Evaluation Ideologies. Em Madaus, Scriven e Stuflebeam (eds), Evaluation Models, Kluwer-Nijhoff; Boston, Estados Unidos.

Seels, B (ed),(1995. Instructional Design Revisited.

Spector e la Teja (2001). Competencies for Online Teaching. ERIC, 2001, Estados Unidos.

Smith, N (1992). Varieties in Investigative Evaluation, New Directions for Program Evaluation, JosseyBass, San Francisco, CA, Estados Unidos.

TTS/Elaboracao de CD-ROM Educativo (1998). Documento Básico para Orientação Interna, Rio de Janeiro.

Publicado
2008-05-24
Edição
Seção
Artigos