Desenclausurando um rito de passagem: uma abordagem aplicada às defesas dos Trabalhos de Conclusão de Curso da primeira turma do Bacharelado em Administração Pública a distância da Universidade Federal de Juiz de Fora

  • Ricardo Rodrigues Silveira de Mendonça Universidade Federal de Juiz de Fora.
  • Diovana Paula de Jesus Universidade Federal de Juiz de Fora. E-mail
  • Marcos Tanure Sanabio Universidade Federal de Juiz de Fora.
Palavras-chave: Rito de passagem. Processo de orientação. Práticas pedagógicas em EaD

Resumo

Este trabalho visa apresentar, a partir da metodologia exploratória-descritiva, a evolu- ção do processo de orientação dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) elaborados pela primeira turma do Bacharelado em Administração Pública, ministrado na modalidade a distância pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Trazendo para o contexto do trabalho os elementos que historicamente vêm compondo a discussão, na área da antropologia e etnologia, do processo ritualístico, suas tendências e elementos principais, o artigo busca compreender o TCC como parte de um rito acadêmico, em função do espaço no qual o aluno se insere, tratando-se especificamente de um rito de passagem pensado e elaborado para a estrutura e práticas pedagógicas de um curso de Administração Pública a distância. Dentre os primeiros resultados obtidos, destacam-se a definição e sistematização do processo de construção da pesquisa e trabalhos finais, tendo em vista principalmente as especificidades que foram identificadas no decorrer do curso. O artigo conta com um capítulo introdutório e um segundo capítulo que apresentam os rituais de passagem como conceito antropológico, outro que explicita a metodologia da pesquisa e um quarto capí- tulo que trata do processo de intervenção do TCC, seguido de considerações finais.

Referências

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A.; SILVA, R. da. Metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

DAMATTA, R. Apresentação. In: GENNEP, A. V. Os ritos de passagem. Petrópolis: Vozes, 1977.

DAMATTA, R. Individualidade e liminaridade: considerações sobre os ritos de passagem e a modernidade. Mana, Rio de Janeiro, v. 6, n.1, p. 7-29, abr. 2000.

DURKHEIM, E. As formas elementares da vida religiosa. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

PEIRANO, M. (Org.). Rituais ontem e hoje. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

UNIVERSIDADE Federal de Juiz de Fora. Dados da Coordenação do curso de Administração Pública a distância, 2013.

VAN GENNEP, A. Os ritos de passagem. Tradução de Mariano Ferreira. Petrópolis: Vozes, 1977.

VIANA, F. B. Universidade: protocolo, rito e cerimonial. São Paulo: Lúmen, 1998.

Publicado
2015-05-24
Seção
Artigos