A relevância do Design Instrucional do material didático para Web: relato de um estudo de caso

Andreza Regina Lopes da Silva, Cristina Pfeiffer, Elizabeth Soares Bastos, Sandra Menezes de Vasconcellos

Resumo


Estudos científicos consolidados na área de educação a distância mostram a relevância do design instrucional na elaboração de material didático. Isto se deve, principalmente, à motivação e ao incentivo à autoaprendizagem que o material pode exercer no estimulo da autonomia dos estudantes na modalidade em que devem ser capazes de “construir” sua rede de conhecimento. Este fato foi levado em consideração na elaboração e implementação dos cursos on-line que compõem a área “Formação via Web” da Diretoria de Extensão da Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro (CECIERJ). Desde o segundo semestre de 2009, os cursos, que são gratuitos e oferecidos totalmente a distância, são direcionados a professores, em atividade, de escolas públicas e privadas. Neste artigo, é apresentado um estudo de caso por meio de uma pesquisa qualitativa realizada no período setembro/2009 a julho/2012 com os participantes de um destes cursos, intitulado Formação Continuada em Tecnologias Educacionais na Web (FCTEWeb) – Módulos 1 e 2. Dos 1.364 professores cursistas atendidos no período citado, de acordo com os resultados obtidos nesta pesquisa, com os 682 cursistas aprovados, ficaram evidenciadas a satisfação e a aprovação dos cursistas em relação ao modelo de design instrucional utilizado. Segundo eles, este modelo não só facilitou o processo de aprendizagem no que diz respeito à utilização de algumas ferramentas Web 2.0, bem como a posterior aplicação em sua prática docente, proposta principal do curso FCTEWeb.

Palavras-chave


Educação a Distância, Web 2.0, Design Instrucional, Prática docente.

Texto completo:

PDF PDF - Inglês PDF - Espanhol

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. CENSOead.BR. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2011.

BRASIL. Ministério de Educação e Cultura. Lei nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional. Brasília: MEC, 1996.

CAMPOS, F. C. A.; COSTA, R. M. E. C.; SANTOS, N. Fundamentos da educação a distância, mídias e ambientes virtuais. Juiz de Fora: Editar, 2007.

CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.

FILATRO, A. Design instrucional na prática. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2008.

______. Design instrucional contextualizado: educação e tecnologia. São Paulo: Senac, 2004.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 32. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

LÉVY, P. Cibercultura. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2000.

MENDONÇA, B. de A. P. et al. Designer instrucional: membro da polidocência na Educação a Distância. IN: MILL, D.;

RIBEIRO, L. R. de C.; OLIVEIRA, M. R. G. Polidocência na educação a distância: múltiplos enfoques. São Carlos: EdUFSCar, 2010.

MOORE, M. G.; KEARSLEY, G. Educação a distância: uma visão integrada. Tradução de Roberto Galman. São Paulo: Thomson Learning, 2008.

MORAES, M. C. Fundamentos e práticas em educação a distância. Campinas: Unicamp/Nied, 2001.

MORAN, J. M. A gestão da educação a distância no Brasil. In: MILL, Daniel; PIMENTEL, N. (Org.). Educação a distância: desafios contemporâneos. São Carlos: EdUFSCar, 2010.

MURANI, B. Design e comunicação visual: contribuição para uma metodologia didática. Tradução de Daniel Santana. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

OLIVEIRA, M. M. de. Como fazer pesquisa qualitativa. Petrópolis: Vozes, 2007.

PFEIFFER, C. et al. Inovando a prática docente através do uso de ferramentas web 2.0. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA ABED, 17., 2011, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: Abed, 2011.

______ et al. Tutoria a distância: construindo o conhecimento em cursos on-line. EaD em Foco, Rio de Janeiro, v. 2, n. 1, p. 72-118, nov. 2012.

PRETI, O. Produção de material didático impresso: orientações técnicas e pedagógicas. Cuiabá: UAB/UFMT, 2010.

ROMISZOWSKI, A. Design instrucional: O que é? Quem faz? Como fazem? Curso on-line de design instrucional. 2006. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2006.

ROSENBERG, M. J. e-Learning. São Paulo: Makron Books, 2002.

SILVA, A. R. L. da. Diretrizes de design instrucional para elaboração de material didático em EaD: uma abordagem centrada




DOI: http://dx.doi.org/10.17143/rbaad.v13i0.255

Fontes de Indexação:

 

© Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância
Brazilian Review of Open and Distance Learning Rua Vergueiro, 875 - 12º andar, conjuntos 123/124
Liberdade - CEP 01504-000 - São Paulo - Brasil
Tel: (55) 11 3275-3561 / Fax: (55) 11 3275-3724
rbaad@abed.org.br