Estratégias de Ensino/Aprendizagem em Ambientes Virtuais: Estudo Comparativo do Ensino de Língua Estrangeira no Sistema EaD e Presencial

  • Priscilla Chantal Duarte Silva Universidade Federal de Itajubá
  • Ricardo Shitsuka Universidade Federal de Itajubá
  • Gustavo Rodrigues de Morais Universidade Federal de Itajubá
Palavras-chave: ensino-aprendizagem, educação a distância, ensino de línguas, estratégias de ensino.

Resumo

O ensino de línguas vem se modifi cando com a evolução dos recursos tecnológicos. A educação a distância surgiu como solução para superar barreiras físicas e temporais. Investigase a recepção das estratégias de ensino/aprendizagem utilizada sob o ponto de vista do aluno, levantam-se parâmetros comparativos de análise da qualidade, ensino e principais diferenças que cerceiam as tipicidades didáticas. O trabalho apresenta análise dos critérios de avaliação do aprendizado com base nos princípios de aproveitamento de estudos, didática, interação, sistema de avaliação e modelos interacionais na época da cibercultura. Para direcionamento metodológico conta-se com viés explorató- rio com uso de questionário, seguindo escala Likert para pesquisa qualitativa. O indicativo de análise demonstrou que o aluno de EaD reconhece, de forma positiva, os recursos de ensino/aprendizagem nesta modalidade, em contraposição ao tradicional. A carência por uma relação mais humana subjaz a outra maior: a mudança da visão política sobre o ensino/ aprendizagem EaD.

Referências

ALVES, Rêmulo Maia; ZAMBALDE, André Luiz; & FIGUEIREDO, Cristhiane Xavier. Ensino a Distancia. UFLA/FAEPE, 2004. AUSUBEL, David P. et al. Psicologia educacional. São Paulo: Interamericana, 1980.

BROWN, H. D. Principles of Language Learning and Teaching. Englewood Cliff s, N.J.: Prentice Hall, 1980.

CHEVALLARD, Yves. La transposition didactique: Du savoir savant au savoir enseigné. Grenoble, La penséesauvagem 1985.

COSTA, Karla da S.; FARIA, Geniana G. EAD – sua origem histórica, evolução e atualidade brasileira face ao paradigma da educação presencial. Publicado em maio 2008 no Congresso da ABED. Disponível em: <http://www.abed.org.br/congresso2008/tc/552008104927AM.pdf> Acesso em: 25 set. 2012.

HACK, J. R.; NEGRI, F. Escola e tecnologia: a capacitação docente como referencial para a mudança. Revista ciências & cognição. Rio de Janeiro: UFRJ. Vol. 15(1), mar. 2010, p.89-99. Disponível em: <http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/271/164>. Acesso em abril de 2010.

HACK, J. R. Gestão da educação à distância. Caderno de estudos do Grupo UNIASSELVI – Pós-Graduação. Indaial/SC: Editora ASSELVI, 2009. 84p.

LÉVY, P. A conexão planetária: o mercado, o ciberespaço, a consciência. Rio de Janeiro: Editora 34, 2001. 189p.

LÉVY, P. As tecnologias da inteligência – o futuro do pensamento na era da informática. 13ª ed. Rio de Janeiro: Editora 34, 2004. 203p.

LÉVY, P. Cibercultura. 34 ed. Rio de Janeiro, 1999.

LITTO, F. M.; FORMIGA, M. M. M. (org.). Educação à distância: o estado da arte. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2009. 461p.

LUDKE, Menga; ANDRE, Marli E.D.A. Pesquisa em educação. São Paulo: EPU, 1986.

NOVA, Cristiane; ALVES, Lynn. A comunicação digital e as novas perspectivas para a educação. Disponível em: <http://lynn.pro.br/pdf/art> Acesso em: 09 out.2012.

PEREIRA, Patrícia. Certeza de um grande negócio. Ensino Superior. Disponível em: <http://revistaensinosuperior.uol.com.br/textos.asp?codigo=12890>Acesso em:25 set. 2012.

PRIMO, Alex. O aspecto relacional das interações na Web 2.0. E-Compós. Brasília, v. 9, p. 1-21, 2007.

RICHARDS, Jack C; RODGERS. Approaches and methods in language teaching. 2nd ed. USA: Cambridge University Press, 2001.

RICHARDS, J. C.; RENANDYA, W. A. (org.). Methodology in language teaching: an anthology of current practice. New York: Cambridge University Press, 2010. 433p.

SEVERINO, Antonio J. Metodologia do trabalho científi co. 23.ed. São Paulo: Cortez, 2009. STERN, H. H. Fundamental Concepts of Language Teaching. Oxford: Oxford University Press, 1983.

TEPERNINO, Adriana Silveira et al. Educação a distância em organizações públicas: mesaredonda depesquisa-ação. Brasília: ENAP, 2006.

VYGOTSKY, Liev S. Construção do pensamento e linguagem. 2.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

Publicado
2013-05-24
Seção
Artigos