A aprendizagem mediada por TIC: interação e cognição em perspectiva

Cláudia Maria Arôso Mendes Barbosa

Resumo


O presente artigo analisa conceitos e concepções de teóricos sobre a mediação pedagógica em ambientes virtuais estruturados e organizados para desenvolver ensino/ aprendizagem, com o auxílio das tecnologias da informação e comunicação, numa abordagem que apresenta contrapontos entre as teorias construtivistas de Piaget e Vygotsky. Tem como objetivo destacar os fundamentos do socioconstrutivismo, de Lev Vygotsky, e os conceitos teóricos como a ZDP (Zona de Desenvolvimento Proximal) e a internaliza- ção, para relacioná-los às teorias e às práticas de mediação da educação online. No contexto, dá-se relevância à interação social como fator preponderante para o desenvolvimento cognitivo do aluno em que se valorizem práticas coletivas de comunicação e interatividade, com o auxílio de mídias e tecnologias digitais. Essas ferramentas, em razão do potencial de interação, propiciam a socialização entre professores e alunos para conceber a construção do conhecimento, permeado por diálogo e colaboração entre os sujeitos que interagem em rede de aprendizagem online.

Palavras-chave


Mediação, Interação, Tecnologias da informação e comunicação, Ambientes virtuais de aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Carina Turk de. O papel do pedagogo multimeios na utilização de recursos mediáticos colaborativos na modalidade de educação a distância. In: FARIA, Elaine Turk (Org.). Educação presencial e virtual: espaços complementares essenciais na escola e na empresa. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006. p. 99.

ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. Educação, ambientes virtuais e interatividade. In: SILVA, Marco (Org.). Educação online: teorias, práticas, legislação, formação corporativa. 3. ed. São Paulo: Ed. Loyola, 2011. p. 210.

ALVES, Lynn. Aprendizagem em rede e formação docente: trilhando caminhos para a autonomia, a colaboração e a cooperação. In: VEIGA, Ilma Passos A.; D’ÁVILA, Cristina (Org.). Pro%ssão docente: novos sentidos, novas perspectivas. 2. ed. Campinas, SP: Papirus, 2010. p. 159.

ANDRADE, Adja Ferreira de; VICARI, Rosa Maria. Construindo um ambiente de aprendizagem a distância inspirado na concepção sociointeracionista de Vygotsky. In: SILVA, Marco (Org.). Educação online: teorias, práticas, legislação, formação corporativa. 3. ed. São Paulo: Ed. Loyola, 2011. p. 259-260-261.

BELLONI, Maria Luiza. Educação a Distância. 5. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2009. DANIELS, Harry (Org.). Uma introdução a Vygotsky. São Paulo: Ed. Loyola, 2002.

D’ÁVILA, Cristina. Por uma didática colaborativa no contexto das comunidades virtuais de aprendizagem. In: SANTOS, Edméa; ALVES, Lynn (Org.). Práticas pedagógicas e tecnologias digitais. Rio de Janeiro: E-papers, 2006. p. 91-98-100.

D’ÁVILA, Cristina; SONNEVILLE, Jacques. Trilhas percorridas na formação de professores: da epistemologia da prática à fenomenologia existencial. In: VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Pro%ssão docente: novos sentidos, novas perspectivas. 2. ed. Campinas, SP: Papirus, 2010. p. 31.

DUROZOI, Gerard; ROUSSEL Andre. Dicionário de Filoso%a. 5.ed. Campinas, SP: Papirus,1993.

GARCIA, Daniela Jordão; SCHLÜNZEN, Elisa Tomoe Moriya; SCHLÜNZEN JUNIOR, Klaus. Mediação pedagógica no chat visando à interação entre cursistas. In: VALENTE, José Armando; ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de (Org.). Formação de educadores a distância e integração de mídias. São Paulo: Avercamp, 2007. p. 104.

KENSKI, Vani Moreira. Novas tecnologias na educação presencial e a distância I. In: BARBOSA, Raquel Lazzari Leite (Org.). Formação de Educadores: desa2os e perspectivas. São Paulo: Ed. UNESP, 2003. p. 101.

______. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. 3. ed. Campinas, SP: Papirus, 2008. p. 32.

LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.

______. Cibercultura. 2. ed. São Paulo: Ed. 34, 2000.

LIMA, Ana Carla Ramalho Evangelista. Caminhos da aprendizagem da docência: os dilemas pro2ssionais dos professores iniciantes. In: VEIGA, Ilma Passos A.; D’ÁVILA, Cristina (Org.). Pro%ssão docente: novos sentidos, novas perspectivas. 2. ed. Campinas, SP: Papirus, 2010. p. 141-142.

LINS, Sérgio. Transferindo conhecimento tácito: uma abordagem construtivista. Rio de Janeiro: E-papers, 2003.

LOMÔNACO, Beatriz Penteado. Aprender – verbo transitivo: a parceria professor-aluno na sala de aula. São Paulo: Summus, 2002.

MASETTO, Marcos Tarciso. Docência universitária com pro2ssionalismo. In: MASETTO, Marcos Tarciso (Org.). Competência pedagógica do professor universitário. São Paulo: Summus, 2003. p. 24.

MEDEIROS, Marilú Fontoura de; ANDRADE, Adja Ferreira de; COLLA, Ana Maria Lopes. Construindo uma arquitetura pedagógica: modos de existência em Educação a Distância. In: MEDEIROS, Marilú Fontoura de; FARIA, Elaine Turk (Org.). Educação a distância: cartogra2as pulsantes em movimento. Porto Alegre: EDUPUCRS, 2003. p. 100.

MERCADO, Luís Paulo Leopoldo; FIGUEREDO, Lilian Kelly de Almeida; JOBIM, Daniel Ribeiro de Bulhões. Formação de tutores do curso piloto de administração a distância da universidade aberta do Brasil. In: MERCADO, Luís Paulo Leopoldo (Org.). Práticas de formação de professores na educação a distância. Maceió: EDUFAL, 2008. p. 98.

MORAN, José Manuel. Ensino e aprendizagem inovadores com tecnologias audiovisuais e telemáticas. In: MORAN, José Manuel; MASETTO, Marcos T.; BEHRENS, Marilda Aparecida (Org.). Novas tecnologias e mediação pedagógica. 13.ed. Campinas, SP: Papirus, 2007. p. 26.

NÉRICI, Imídio Giuseppe. Educação e ensino. São Paulo: IBRASA, 1985.

NETTO, Carla. Interatividade em ambientes virtuais de aprendizagem. In: FARIA, Elaine Turk (Org.). Educação presencial e virtual: espaços complementares essenciais na escola e na empresa. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006. p. 52-58.

OKADA, Alexandra Lilavati; ALMEIDA, Fernando José de. Avaliar é bom, avaliar faz bem: os diferentes olhares no ato de aprender. In: SILVA, Marco; SANTOS, Edméa (Org.). Avaliação da aprendizagem em educação online: fundamentos, interfaces e dispositivos, relatos de experiências. São Paulo: Ed. Loyola, 2006. p. 272.

OKADA, Alexandra Lilavati Pereira. Desa2o para EAD: como fazer emergir a colaboração e a cooperação em ambientes virtuais de aprendizagem? In: SILVA, Marco (Org.). Educação online: teorias, práticas, legislação, formação corporativa. 3. ed. São Paulo: Ed. Loyola, 2011. p. 279.

OLIVEIRA, Elsa Guimarães. Aula virtual e presencial: são rivais? In: VEIGA, Ilma Passos Alencastro (Org.). Aula: gênese, dimensões, princípios e práticas. Campinas, SP: Papirus, 2008. p. 198.

OLIVEIRA, Marta Kohl de. Vygotsky e o processo de formação de conceitos. In: LATAILLE, Yves de; OLIVEIRA, Marta Kohl; DANTAS, Heloysa (Org.). Piaget, Vygotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo, Summus, 1992. p. 24.

PALANGANA, Isilda Campaner. Desenvolvimento e aprendizagem em Piaget e Vygotsky: a relevância do social. 3. ed. São Paulo: Summus, 2001.

PASSARELLI, Brasilina. Interfaces digitais na educação: alucinações consentidas. São Paulo: Escola do Futuro da USP, 2007.

PRADO, Maria Elisabete B. Brito; ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. Criando situações de aprendizagem colaborativa. In: VALENTE, José Armando; PRADO, Maria Elisabette B. Brito; ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. Educação a distância via Internet. São Paulo: Avercamp, 2003. p. 149.

SANTOS, Bettina Steren dos. O processo de internalização. In: LA ROSA, Jorge de (Org.). Psicologia e educação: o significado do aprender. 7. ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2003. p. 134.

SIHLER, Anelise Pereira; FERREIRA, Sandra Mara Bessa. 2011. A afetividade mediada por meio da interação na modalidade a distância como fator preponderante para a diminuição da evasão. Disponível em: .Acesso: 2 nov. 2011.

SILVA, Marco. Criar e professorar um curso online: relato de experiência. In: SILVA, Marco (Org.). Educação online: teorias, práticas, legislação, formação corporativa. 3. ed. São Paulo: Ed. Loyola, 2011. p. 55-64.

TORRES, Patrícia Lupion; MARRIOTT, Rita de Cássia Veiga. A aprendizagem colaborativa no LOLA. 2006. In: SANTOS, Edméa; ALVES, Lynn (Org.). Práticas pedagógicas e tecnologias digitais. Rio de Janeiro: E-papers, 2006. p. 161-162.

VALENTE, José Armando. Curso de especialização em desenvolvimento de projetos pedagógicos com o uso das novas tecnologias: descrição e fundamentos. In: VALENTE, José Armando; PRADO, Maria Elisabette B. Brito; ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. Educação a distância via Internet. São Paulo: Avercamp, 2003. p. 31.




DOI: http://dx.doi.org/10.17143/rbaad.v11i0.242

Fontes de Indexação:

 

© Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância
Brazilian Review of Open and Distance Learning Rua Vergueiro, 875 - 12º andar, conjuntos 123/124
Liberdade - CEP 01504-000 - São Paulo - Brasil
Tel: (55) 11 3275-3561 / Fax: (55) 11 3275-3724
rbaad@abed.org.br