Concepções de Professores Sobre a Escola na Perspectiva da Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS), na Modalidade a Distância Utilizando o Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle.

  • Isabel C. DA CUNHA Centro de Educação a Distancia – Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).
  • Lucimara C. SANTOS Centro de Educação a Distancia – Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
  • Lidiane GOEDERT Centro de Educação a Distancia – Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
  • Luciana ALVARENGA Centro de Educação a Distancia – Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
  • Moacir SERRALVO FARIA Departamento de Ciências Fisiológicas – CCB – Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Mário FREITAS Instituto de Educação e Psicologia – Universidade do Minho
Palavras-chave: Educação para o desenvolvimento sustentável (EDS), Critérios de qualidade para escolas EDS, Educação a distância.

Resumo

Nesse trabalho pretende-se analisar as concepções prévias de professores sobre a escola na perspectiva EDS, comparando suas idéias com as propostas no Guia de critérios de qualidade para escolas EDS. É fundamental conhecer os conceitos construídos pelos professores sobre a escola EDS para que se possa redimensionar e aprimorar a continuidade do processo educativo voltado à sustentabilidade. O resultado indica que 20% abordaram os três critérios, 40% apontaram dois critérios e 40% mencionaram um critério, demonstrando que os critérios são conhecidos, porém ainda necessitam ser mais difundidos e estudados pelos professores, escola e sociedade, preocupados com o desenvolvimento sustentável.

Referências

Breiting, S., Mayer, M., Mogensen, F. (2006). Quality Criteria for ESD-Schools: Guidelines to enhance the quality of Education for Sustainable Development. Versão em Português: Critérios de Qualidade para Escolas – EDS: Guia para a melhoria da qualidade da Educação para o Desenvolvimento Sustentável. Site consultado em 05-03-2009. http://www.drel.min-edu.pt/noticias/criterios_de_qualidade_para_escolas_guia.pdf

Freitas, M. (2005). Educação para o Desenvolvimento Sustentável: sugestões para a sua implementação no âmbito da Década das Nações Unidas. Actas Electrónicas do VIII Congresso Galaico-Português de PsicoPedagogia, p. 1473-1488.

Freitas, M. (2004). A Educação para o Desenvolvimento Sustentável e a Formação de Educadores/Professores. Perspectivas, v. 22, nº 2, p. 547-575.

Gadotti, M. (2000). Pedagogia da Terra. 4 ed. São Paulo, Peirópolis.

Hopkins, C., & Mckeown, R. (2002). Education for sustainable development: an international perspective. In: TILBURY, D. et al. (eds.) Education and Sustainability: responding to the Global Challenge. 1ªEdição. Switzerland, Gland and Cambridge: CEC/ IUCN, p. 13-24.

Parâmetros Curriculares Nacionais - PCNs (1997). Apresentação dos Temas Transversais. BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: Ministério da Educação e do Desporto. Promoting Education, Public Awareness and Training. Agenda 21: Chapter 36. Site consultado em 03-03-2009. http://www.un.org/esa/sustdev/documents/agenda21/english/agenda21chapter36.htm

Rattner, H. (2002). Meio ambiente e desenvolvimento sustentável: o mundo na encruzilhada da História. Revista espaço acadêmico. Ano II, nº14. Site consultado: http://www.espacoacademico.com.br/014/14crattner.htm

Seabra, C. (1994). A Revolução Tecnológica e os Novos Paradigmas da Sociedade. IPSO.

Seabra, C. (2004). Uma nova educação para uma nova era. Publicado em 02/02/2004. Site consultado: http://www.cidec.futuro.usp.br/

UNESCO. (2004). United Nations Decade of Education for Sustainable Development, 2005-2014. Draft International Implementation Scheme. UNESCO. Available http://portal.unesco.org/education/

UNESCO. (2005a). Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável. 2005-2014: documento final. Plano Internacional de Implementação.

AGENDA 21. In: CNUMAD - Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio/92). Capítulo 36. Rio de Janeiro.

UNESCO. (2005b). Draft International Implementation Scheme. United Decade of Education for Sustainable Development, 2005-2014, p. 5.

Publicado
2010-05-24
Edição
Seção
Artigos