A afetividade nas inter-relações professores e alunos no ambiente

  • Maria Cristina L. Paniago Lopes Orientadora
  • Selma Lúcia da Costa Xavier Acadêmica
Palavras-chave: Afetividade, novas tecnologias de comunicação e informação, ensinoaprendizagem, inter-relações

Resumo

Este trabalho tem como objeto de pesquisa a afetividade nas relações entre participantes de um curso oferecido no ambiente digital. O objetivo desta pesquisa consiste em: descrever e interpretar os componentes afetivos nas inter-relações dos participantes quando na utilização das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação em um curso a distância. O ambiente onde originou esta pesquisa foi uma universidade privada que ofereceu a seus professores um curso de formação para o uso das novas tecnologias, ocorrido na modalidade a distância. A fundamentação metodológica foi a Hermenêutico-Fenomenológica realizada em duas fases: a) revisão bibliográfica sobre a temática; b) descrição e interpretação das trocas realizadas no curso a distância

Referências

Alves, J. R. M. Artigo do Programa Novas tecnologias na educação.Retirado da WWW em: 10/04/2003: <http://engenheiro2001.org.br/programas/9802201a1.htm>

Ballone, G. J. Afetividade. In: PsiqWeb, 2003. Retirado da WWW em 06/08/05: <http://www.psiqweb.med.br/cursos/afet.html>

Cardoso, C. N. A Afetividade no Ensino Via Hipermídia. Tese de Mestrado – Curso de Engenharia de Produção, Centro de Ciências Tecnológicas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2001. Retirado da WWW em 03/08/2005: <http://teses.epc.ufsc.br/defesa/pdf/2995.pdf>

Clandinin, D. J. & Connelly, F. M. (1998) Personal Experience Methods. In. Denzin, N. K. and Lcc (Eds). Collecting and Interpreting Qualitative Materials. London: SAGE Publications.

Dewey, J, (1934), Democracy and Education. New York: Capricor.

Freire, P. (2005). Educação como Prática da Liberdade. 28ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Moran, J. M. Textos sobre Tecnologias e Comunicação, 2003. Retirado da WWW em 06/08/2005:

Nunes, L. N. (1995). Espaço Mágico: A relação professor-aluno desencadeia a aprendizagem. Belo Horizonte: Fundação AMAE para Educação e Cultura. n. 252.

Peluso, A. (Org.) (1998). Informática e Afetividade: A evolução tecnológica condicionará nossos sentimentos? Bauru Edusc.

Priberam, Dicionário on-line. Retirado da WWW em 04/08/2005 <http://www.priberam.pt/dlpo/definir_resultados.aspx>

Rosa, I. S. A Construção do Conhecimento na Educação a Distância on-line. Tese de Doutorado - Programa de Pós-Graduação em Educação (Currículo). São Paulo: PUC-SP, 2003. Retirado da WWW em 02/08/2005: <http://www.universiabrasil.net/materia/materia.jsp?id=6354>

Smith, D. G. Hermeneutic Inquiry: The Hermeneutic Imagination and Pedagogic Text. In: Short, E. C. (Ed.) Forms of Curriculum Inquiry. New York: State University of New York Press, 1991.

Van Manen (1990). Researching lived experience. The university of Alberta: The Althouse Press.

Publicado
2008-05-24
Edição
Seção
Artigos