Comunidades em rede de computadores: abordagem para a Educação a Distância - EAD acessível a todos

Alfredo Eurico Rodrigues Matta

Resumo


O presente artigo estuda os sistemas de Educação à Distância (EAD). Inicia discutindo questões fundamentais sobre definição e abordagens EAD, para depois centrar a análise no enfoque das comunidades de práxis e comunidades de aprendizagem, forma sócio-construtivista de trabalho em EAD. Após discutir algumas bases teóricas sobre o assunto, o artigo apresenta um estudo descritivo sobre os ambientes existentes em soluções EAD, voltadas para a realização de comunidades de aprendizagem e suas aplicações. Finalizando, inicia uma discussão sobre conseqüências e necessidades futuras de pesquisas que possam complementar a iniciativa do estudo apresentado.

Palavras-chave


Educação a distância

Texto completo:

PDF

Referências


Brien, Robert (1991). Science cognitive et formation. Ste-Foy: Presses de l'Université du Québec.

Bruer, John (1994). Schools for thought: a science of learning in the classroom. MIT Press. Boston, USA.

Bruffee, Kenneth (1999). Collaborative learning. Johns Hopkins University Press.Baltimore, USA.

Doll Jr, Willian (1998). Currículo: uma perspectiva pós - moderna.Artes Médicas. Porto Alegre, RS.

Dolle, Jean Marie (1987). Para compreender Piaget. Guanabara Koogan. Rio de Janeiro, RJ.

Freire, Paulo (1980). Conscientização. Editora Morais. São Paulo, SP.

Gane, Chris, SARSON, Trish (1995). Análise estruturada de sistemas. LTC. Rio de Janeiro, RJ.

Giard, Jacqueline (1991). Communiquer pour apprendre, étude exploratoire de la resolution de problème par le groupe sur réseau micro - informatique local. Collège Sherbrooke. Sherbrooke.

Grégoire, Réginald e Laferrière, Thérèse. Apprendre ensemble par projet avec l'ordinateur em réseau. [on line] Disponível na Internet via URL: http://www.tact.fse.ulaval.ca/fr/html/sites/guidep.html;

Jonassen, David. Computers in the classroom. Prentice Hall. N.J., USA.

Jonassen, David, et al (1996). Cognitive flexibility hypertexts on the web: engaging learners in meaning making. Web-based instruction. LEA. N.J., USA.

Jonassen, David, Beissner, Katherine e Yacci, Michael (1993). Structural knowledge, techniques for representing, conveying, and acquiring structural knowledge. LEA. N.J., USA.

Jonassen, David e Grabowski, Bárbara (1993). Handbook of individual differences, learning & instruction. Pgs., 433-435. LEA. N.J., USA

Larman, Craig (2000). Utilizando UML e padrões. Bookman. Porto Alegre, RS.

Martineau, Robert (1997). Tese de doutorado: L'Echec de l'apprentissage de la pensée historique à l'école secondaire. Contribuition à l'elaboration de fondaments didatiques pour enseigner l'Histoire. Université Laval. Quebec, USA.

Moreira, M (1983). Ensino e aprendizagem, enfoques teóricos. Editora Morais. São Paulo, SP.

Not, Louis (1981). As pedagogias do conhecimento. Difel. São Paulo, SP.




DOI: http://dx.doi.org/10.17143/rbaad.v2i0.124

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Fontes de Indexação:

 

© Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância
Brazilian Review of Open and Distance Learning Rua Vergueiro, 875 - 12º andar, conjuntos 123/124
Liberdade - CEP 01504-000 - São Paulo - Brasil
Tel: (55) 11 3275-3561 / Fax: (55) 11 3275-3724
rbaad@abed.org.br